QUEM É FLÁVIO DINO, NOVO GOVERNADOR DO MARANHÃO QUE VENCEU A OLIGARQUIA SARNEY

Conheça o perfil de Flávio Dino, governador eleito do Maranhão 

Ex-presidente da Embratur tem 46 anos e dois filhos. Ele é advogado e professor da Universidade Federal do Maranhão.

Eleito com 63% dos votos válidos no Maranhão, Flávio Dino de Castro e Costa, 46 anos, é o primeiro governador da história do PC do B no Brasil. Nascido em São Luís, no dia 30 de abril de 1968, Flávio Dino é advogado e professor.

Filho de advogados, ele foi aprovado aos 18 anos para o curso de Direito da UFMA, em 1986. Formou-se bacharel em 1991 e, em 1993 voltou à universidade federal, desta vez como professor.

Na Universidade Federal do Maranhão (UFMA), atuou no movimento estudantil e, depois, assessorou sindicatos de trabalhadores. Em 1994, foi aprovado em primeiro lugar no concurso público para juiz federal, cargo que exerceu por até 2006, quando deixou a carreira para entrar na política. Presidiu a Associação Nacional de Juízes Federais (Ajufe) e foi secretário--geral do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Renunciou à carreira de juiz aos 38 anos para se dedicar à política. Foi eleito deputado federal pelo PCdoB. Em 2008, candidatou-se a prefeito de São Luís e foi derrotado por João Castelo (PSDB). Em 2010, candidatou-se para governador do Maranhão e perdeu para Roseana Sarney (PMDB). Em 2011, assumiu a presidência da Instituto Brasileiro do Turismo (Embratur), cargou que ocupou até este ano.

Durante seu primeiro discurso como governador do Maranhão, Dino afirmou que governará com simplicidade e enfrentará a corrupção. “Vamos fazer um governo bom, simples, com os pés no chão e que vai garantir que nosso estado caminhe na direção correta, enfrentar a corrupção, fazer com que recursos a serviços da justiça social, tirar nosso estado das páginas policiais. Nossa vitória é grandiosa pelos que aqui não estão, como quilombolas, quebradoras de coco, jovens, conselheiros tutelares, pelas pessoas que vi no Maranhão sem ter o que calçar, sem ter o que comer, em casas de taipas. Por estas pessoas nossa vitória é grandiosa”, afirmou.

Entre as primeiras medidas estará a adoção de uma série de ações para as cidades com os piores índices sociais do Maranhão. “Vamos fazer um pacote especial de providências para as cidades com os menores IDHs (Índice de Desenvolvimento Humano). Quando eu terminar o governo não vai haver nenhuma cidade do Maranhão nesse ranking vexatório”, afirmou durante entrevista coletiva após a confirmação de sua vitória nas urnas.

Propostas

Flávio Dino destacou durante sua campanha a ideia de criação do Programa Água para Todos, cujo objetivo é garantir água e banheiro na casa de todos os maranhenses. Segundo o Atlas do Desenvolvimento Humano 2013 (PNUD e IPEA), somente metade da população maranhense vive em casas com água encanada e banheiro.

O candidato prometeu a implantação do Programa “Minha Casa, Meu Maranhão”. A
proposta transforma o governo do Estado em parceiro do Governo Federal também na construção de casas, com a meta de reformar ou construir 200 mil unidades habitacionais no Maranhão.

Na área da segurança, Dino propos aumentar o investimento em equipamentos, Polícia Científica e Inteligência, além de motivar e comandar as equipes do sistema de segurança. De acordo com o programa de governo do governador eleito, os novos policiais que forem contratados atuarão, prioritariamente, em programas de Policiamento Comunitário, conjugando planejamento, prevenção e repressão - sempre com a intensa participação das
comunidades.

http://g1.globo.com/ma/maranhao/eleicoes/2014/noticia/2014/10/conheca-o-perfil-de-flavio-dino-governador-eleito-do-maranhao.html
.